Lesões Ortopédicas
Oct 19

O Joelho nos esportes de aventura


No esporte, Joelho é uma articulação, cujas funções são a de absorver a energia cinética gerada pelo contato dos membros inferiores ao solo e transmitir o movimento aos demais seguimentos do corpo. Isto se deve a dois mecanismos básicos: a chamada contração muscular excêntrica, onde a fibra muscular contrai e alonga-se resistindo ao movimento e aos graus de flexão. Em uma corrida, por exemplo, a força de reação ao solo, que chega a ser duas vezes ao peso do indivíduo é absorvida pela flexão do Joelho entre 50 e 60 graus e pela resistência do quadríceps, ou músculo anterior da coxa. O restante é dissipado pelo quadril e coluna vertebral.

Leia mais...
Oct 17

O entorse do joelho

Dados estatísticos

O Joelho é uma articulação de exigências extremas na prática esportiva e deve associar dois paradoxos: ser estável o suficiente para suportar peso e ter liberdade de movimento absoluta para poder transmitir a energia cinética do movimento. Por este motivo, é uma articulação extremamente sucetível ao trauma e, até mesmo movimentos aparentemente inofensívos podem lesar suas estruturas e comprometer a performance do esportista.
As taxas de incidência de lesões ao joelho vêm crescendo anualmente. Isto se deve, provavavelmente à maior participação nos esportes de todos as faixas etárias. Nos EUA, estima-se que hajam, anualmente, 90.000 lesões agudas do ligamento cruzado anterior.

Leia mais...
Oct 17

Dor nas costas após o esporte

Anatomia

A coluna vertebral humana, nada mais é do que uma viga dupla suportando cargas excênctricas e móveis. Assim como qualquer estrutura que trabalha nestas condições, apresentas zonas onde predominam esforços de tração e compressão. Sua manutenção depende de um conjunto antagônico e sinérgico de forças musculares.

As "almofadinhas", ou discos intervertebrais são estruturas que absorvem energia mecânica através da deformação elástica (estrutura azul, fig. 1)

Leia mais...
Oct 17

Ruptura menisco-ligamentar do joelho

Como se diagnostica uma ruptura menisco-ligamentar do joelho ?

Passada a fase aguda de dores e inchaço, com melhoria da defesa muscular e, consequentemente, melhor cooperação ao exame, investiga-se pontos dolorosos, bloqueios e movimentos anormais entre o fêmur e a tíbia. Todas as manobras executadas pelo médico visam determinar se há insuficiência ligamentar e o grau da lesão. Apesar de dispormos hoje de toda a propedêutica armada e exames de acurácia elevada, um exame físico minucioso, criterioso executado por mãos experientes são mais importantes para o diagnóstico que uma ressonância nuclear magnética de última geração. Portanto, um ortopedista experiente e dotado de bom senso é a peça fundamental não só no diagnóstico, mas também para poder orientar o prognóstico da lesão frente à idade e pretenções esportivas do paciente.

Leia mais...
Oct 17

Joelho que teve lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA)

Quando um joelho sofreu lesão ao ligamento cruzado anterior podendo ela ter sido total (ruptura) ou parcial (alongamento), denominamos em linguagem médica de "joelho LCA-deficiente", ou seja, será uma articulação que experimentará instabilidade pela ausência ou insuficiência do ligamento cruzado anterior e passará por alterações do equilíbrio neuro-motor (proprioceptivas) na tentativa de restabelecer o equilíbrio neuro-muscular comprometido na lesão. Em outras palavras: tanto o joelho, como outras articulações adjacentes terão que funcionar de maneira diferente a níveis pré-lesionais a fim de se evitar sintomas. Por isso, é comum encontrar pessoas que alteraram o seu padrão de marcha e, mesmo após uma cirurgia de reconstrução de ligamento cruzado anterior, continuam mancando, ou pisando de maneira errônea, desencadeando outros sintomas, como dores nos pés, nos quadris e nas costas.

Leia mais...
<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >> Página 2 de 3